Oportunidades com a importação de vinho

Oportunidades com a Importacao de vinho

Já percebeu nas prateleiras do supermercado um aumento da variedade de vinhos nos últimos anos? O que isso diz para você? Conseguiu ver oportunidades com a importação de vinho?

Teve a curiosidade de olhar no rótulo? Notou que uma grande parte dos vinhos são produzidos em outros países? Pois é. Isso sim é oportunidade.

Apesar de sermos um país cervejeiro e de passarmos por períodos de crise econômica, o consumo de vinho vem demonstrando um constante aumento.

Além de sermos produtos e exportadores, também somos importadores. Isso pelo fato de termos um mercado consumidor amplo e que nos últimos anos passou a demandar vinhos com maior qualidade e variedade.

Países como Portugal e Itália têm investido em ações comerciais para aproximar seus produtos de potenciais importadores, por saberem do tamanho do mercado consumidor brasileiro.

 

Por que investir na importação de vinho?

Nesse momento, você deve estar se perguntando se vale a pena investir na importação de vinho, ou se realmente existem essas oportunidades com a importação de vinho. Para responder a essa pergunta, buscamos argumentos estatísticos e mercadológicos que podem ajudar na tomada de decisão.

  • Consumo em alta: De acordo com o site Meu Vinho, em 2018 houve crescimento em 13% de no consumo de vinho no Brasil. O consumo mundial ficou estagnado no mesmo período;
  • Oportunidade de aumento do consumo médio do brasileiro: O brasileiro consome em média 2 litros por ano, o que ainda é muito baixo comparado a média mundial que é de 3,23 litros por pessoa (fonte: Organização Internacional de vinha e Vinho – OIV);
  • Acordo comercial Mercosul x UE: Recentemente foi fechado o acordo de livre comércio entre Mercosul e União Europeia e um dos produtos que poderão ser beneficiados com a redução de custo no imposto de importação no Brasil são os vinhos europeus;
  • Desconhecimento da importação pelos concorrentes: Se está difícil importar para você que é empreendedor que tem buscado se informar e fazer um bom planejamento, imagina para os outros?

 

Como a importação pode influenciar o sucesso do seu negócio?

Comprar no mercado interno, fabricar ou importar? Eis a questão.

As oportunidades com a importação de vinho podem trazer benefícios, desde a possibilidade do aumento da margem de lucro até ao acesso a produtos inexistentes em nosso mercado.

Benefícios da importação:

  • Aumento da margem de lucro;
  • Acesso a vinhos diferenciados;
  • Desenvolvimento de parcerias;
  • Aumento do controle da operação;
  • Flexibilidade na negociação.

 

Empreendedorismo e Importação

A importação traz benefícios, mas também desafios ao empreendedor. Planejamento e análise da concorrência são apenas o ponto de partida de qualquer projeto de importação. Além disso, é preciso que empreendedor busque entender melhor a demanda do mercado consumidor para identificar nichos de mercados que possa atender, sendo com um diferencial de preço, qualidade, variedade ou disponibilidade.

 

O que fazer?

  1. Levante as necessidades e os problemas que podem ser resolvidos com o seu projeto – converse diretamente com os pontos de vendas e consumidores e entenda se há demandas não atendidas e como você pode atendê-las;
  2. Classifique essas demandas e identifique nichos de mercados que podem ser atendidos;
  3. Estude a concorrência e descubra preços praticados, estratégias utilizadas, gama de produtos entre outros aspectos;
  4. Faça um bom planejamento na importação, levantando informações sobre etapas da importação, aspectos fiscais e financeiros, opções logísticas, prazos e procedimentos que devem ser seguidos.

 

Perfil do importador

Nós da IBSolutions temos apoiado projetos e embarques de importação há quase 10 anos. Nesse período foi possível mapear o perfil de importadores de vinhos que vão além da tradicional configuração de grandes importadores e Tradings de bebidas e alimentos.

Sendo assim, compartilhamos abaixo o perfil de importadores e seus principais pontos favoráveis e desfavoráveis.

 

  1. Empreendedor
  • Pontos favoráveis: atendimento personalizado de demandas e nichos de mercado. Maior flexibilidade e agilidade nas tomadas de decisões no processo de importação. Foco na importação de um único produto.
  • Pontos desfavoráveis: menor poder de barganha na negociação com fornecedores e disponibilidade limitada de capital.

 

  1. E-Commerce
  • Pontos favoráveis: atendimento personalizado de demandas e aumento do portfólio de produtos. Maior flexibilidade e agilidade nas tomadas de decisões no processo de importação.
  • Pontos desfavoráveis: menor poder de barganha na negociação com fornecedores e necessidade de manutenção de estoque para pronta entrega.

 

  1. Rede de Supermercados
  • Pontos favoráveis: razoável demanda (dependendo da quantidade de lojas) e disponibilidade de capital.
  • Pontos desfavoráveis: a importação de vinho compete com outros projetos. Necessidade de importar maior variedade de produtos demandando maior capital.

 

  1. Grupo de compras
  • Pontos favoráveis: demanda maior (dependendo da quantidade de empresas no grupo) e disponibilidade de capital. Possibilidade de trazer maior variedade de produtos.
  • Pontos desfavoráveis: entendimento dos participantes quanto ao modelo de negócio de importação e aos tipos de vinhos importados. Dificuldade de alinhamento de expectativas das diversas empresas participantes.

 

Além de ter o pensamento estratégico necessário para qualquer negócio, é importante conheça e se envolva com esses temas apresentados.

As características que sempre encontramos nos projetos de sucesso de importação de vinho foram: espírito empreendedor, planejamento, conhecimento do mercado comprador, estratégia de segmentação e diferenciação do produto, além de expectativas realistas e racionais.

 

Por fim, vale a pena importar vinho?

Na teoria, é tudo muito lindo e maravilhoso, mas afinal, é um bom negócio importar vinho?

Acreditamos no potencial do mercado, que existem oportunidades com a importação de vinho.

Nossa experiência indica que uma vez que seja bem planejado e desde que o empreendedor ou empresário tenha bem claro os objetivos que quer atingir com a importação, tal empreitada pode trazer vários benefícios.

Como você já viu, o início da importação e qualquer produto demanda muita informação e planejamento. Entender o mercado fornecedor e comprador é essencial, assim como ter bem claro quais são as etapas de uma importação, os custos envolvidos com impostos e logística, além dos procedimentos junto a órgãos como Receita Federal e Ministério da Agricultura.

 

 

Quer saber como funciona a importação de vinho na prática? Então continue conosco, por meio da leitura do artigo Como Importar Vinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat