A importância da cotação online para importação e exportação

a importância da cotação online para importação e exportação

Os processos de importação e exportação já fazem parte da rotina de muitas empresas brasileiras. Algumas vezes, para buscar melhores preços ou para adquirir uma matéria-prima que não está disponível no Brasil, ou mesmo para ocupar um mercado mais atrativo no exterior, essa prática pode ser muito vantajosa para diversos negócios.

Mas para garantir esses benefícios, as empresas que pretendem negociar produtos ou serviços no exterior precisam saber calcular de maneira eficiente todos os custos das operações, evitando assim surpresas.

As despesas com frete, impostos e outros custos podem elevar consideravelmente o valor final da mercadoria e por isto é bom fazer os cálculos antes de começar a operação.

Como funciona os processos de importação e exportação?

Os processos de importação e exportação exigem atenção e o cumprimento de algumas etapas.

Importação

importação e exportação 1

No caso da importação o primeiro passo é fazer uma análise do mercado e eleger um fornecedor no exterior. Depois disso sua empresa deverá passar por 4 passos para importar.

  1. Habilitação da empresa

A empresa que pretende importar produtos deve ser registrada na Receita Federal através do Radar (Ambiente de Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros).

Após o registro será possível acessar o Siscomex (Sistema Integrado de Comércio Exterior). Esse sistema centraliza todas as informações sobre operações de exportação e importação realizadas no país.

  1. Negociação de preços, frete e seguros

A segunda etapa é a de negociação de preços, prazos e fretes com o fornecedor e verificar os impostos que incidirão na operação.

É a hora de identificar os Incoterms (International Commercial Terms) que são as obrigações e responsabilidades de cada parte envolvida. Eles precisam ser incluídos no contrato de importação.

  1. Licenciamento de importação e embarque

Alguns tipos de mercadorias estão sujeitas ao licenciamento de importação (LI), como é o caso dos brinquedos, alimentos ou medicamentos, e para descobrir se é o caso dos produtos negociados, deve ser verificado o Tratamento Administrativo na página do Siscomex na internet.

Se houver necessidade do LI, a solicitação deve ser feita antes da importação e é necessário aguardar o parecer final dos órgãos anuentes. Somente após a autorização é que a mercadoria pode ser importada.

  1. Despacho aduaneiro

Quando a mercadoria chega ao local de entrada no Brasil, é preciso registrar a Declaração de Importação, que dá inicio ao despacho aduaneiro, com o cálculo e recolhimento dos impostos.

Toda a documentação é verificada pela Receita Federal e, quando aplicável, por outros órgãos. Para que o despacho ocorra sem problemas, é fundamental que a empresa saiba calcular os impostos e faça o pagamento da forma correta.

 

Exportação

importação e exportação

  1. Habilitação da empresa

Também na exportação a primeira etapa é a de habilitação da empresa que funciona da mesma forma descrita no processo de importação.

  1. Escolha do canal de exportação

É preciso selecionar um canal para a exportação dos produtos, que pode ser direta ou através de consórcios, tradings companies, agentes de comércio exterior ou empresas comerciais exportadoras.

  1. Negociação

Identifique o mercado e entre em contato com compradores no exterior, fornecendo todas as informações relevantes para a negociação. Avalie também as políticas cambiais do país, exigências técnicas e sanitárias, custos e demais informações que podem influenciar a operação.

  1. Acordo

Após a confirmação do acordo, é preciso enviar uma fatura pró-forma que deve conter informações sobre as partes envolvidas, descrição da mercadoria, quantidade, preço, formas de pagamento, transporte, etc.

  1. O envio da mercadoria

Chega a hora de embarcar e liberar a mercadoria na alfândega, com a verificação física e documental feita pelos agentes da Receita Federal.

Como calcular os custos da operação?

Algumas ferramentas podem ser usadas para simplificar o cálculo dos custos e dos impostos devidos nas operações de importação e exportação.

Uma delas é o sistema de cotação online disponível no sistema ERP online.

O módulo de cotações online permite a tomada de preços simultânea a um número maior de fornecedores, obtendo-se melhores preços e condições de compra.

Os pedidos de cotações são enviados para os e-mails dos fornecedores que terão acesso a uma área onde serão feitas as cotações dos produtos selecionados e enviadas novamente para a empresa com seus respectivos valores de custo.

Além disso, por ser um sistema integrado de gestão ERP com outros setores da empresa, a cotação pode se transformar automaticamente em pedidos, e também o controle de estoque e o controle financeiro.

Agora você já conhece os processos de importação e exportação e também a importância da cotação online para reduzir os custos das operações. Não peca mais tempo e garanta a melhor negociação para a sua empresa.

Por Gestão Click

Seu e-mail (obrigatório)

Seu Telefone (obrigatório)

Assunto (obrigatório)

Sua mensagem (obrigatório)

 

Os comentários estão encerrados.